Deck Potatoes – Delivery

22 de julho de 2011
By

Há coisa de cinco anos atrás, quando situava-se numa aconchegante casa à Rua Padre Teixeira, o Deck Potatoes era um dos lugares preferidos por mim e minha noiva (hoje esposa). Depois da mudança de local (e certamente não foi a única mudança sofrida), que levou as batatas recheadas para a esquina da 7 de Setembro com a 9 de Julho (além da loja no Shopping Iguatemi), quase não frequentamos mais o restaurante. Não sei se pelo ambiente menos acolhedor, ou se porque agora, casados, temos nossa casa e saímos menos a noite…

No entanto, como as batatas continuam deliciosas (talvez não como antes, mas ainda deliciosas), e minha esposinha particularmente é fã, recorremos com frequência ao serviço delivery deles, mesmo já tendo ocorrido problemas com isso por duas vezes.

Pedido

Para realizar o pedido é bastante rápido, e o fato de já ser freguês e terem lá os dados cadastrados sempre facilita (não sei como ainda há serviços delivery sem isso). O que às vezes demora é a entrega. Em situações críticas (sábado a noite) já chegamos a esperar por até TRÊS HORAS pela entrega. É claro que depois de uma hora e meia, no máximo, você já se arrepende do pedido, mas como a fome está maior ainda, e você tem aquela esperança de que chega nos próximos cinco minutos – esperança sempre renovada pela atendente quando você liga para reclamar – acaba esperando, e esperando… Bom, depois desse dia ficamos por uns seis meses sem pedir nada por lá. Mas depois resolvemos dar nova chance, e por enquanto não voltamos a ter problemas.  Pelo menos não nessas proporções.

Desta vez foram rápidos, e cumpriram o prometido de entrega em meia hora.

As Batatas

O pedido foi de duas batatas: uma de strogonoff de frango com “catupiry” (requeijão) em tamanho normal, e a outra de quatro queijos com bacon em tamanho big. Mas acreditem, a diferença de tamanho não é tão grande quanto parece.

As batatas vêm em embalagens de alumínio, dessas de marmitex, e essa é uma grande perda em relação aos recipientes de cerâmica de quando se come no local. Porém chega sempre em bom estado, e ainda quente (mesmo quando atrasa, o que me faz pensar que o atraso não é do entregador).

Batata-palha sempre acompanha, mas desta vez esqueceram de incluir os sachês de maionese. A sorte é havia sobrando em casa.

Preço

O preço total das duas batatas já com a entrega ficou em R$ 31,10. Sem bebidas. Não é exatamente barato, mas boa parte da culpa disso é da batata de quatro queijos com bacon, que além de ser uma das mais caras, veio em tamanho maior.

Resumo

Pra quem gosta das famosas batatas inglesas recheadas, eu ainda considero a melhor opção da cidade, embora já tenha sido melhor. Problemas que tive no passado prefiro considerar casos isolados, pois pela frequência em que pedimos, dá pra considerá-los exceções.

Deck Potatoes
(16) 3307-2153
Data do pedido: 21/07/2011 (quinta-feira), aproximadamente 19h30
Tempo de entrega: aproximadamente 30 minutos

 

 

Meta a Colher

commentários

Powered by Facebook Comments

Tags: , ,

4 Responses to Deck Potatoes – Delivery

  1. Daniela
    22 de julho de 2011 at 13:02

    Nossa, 3 horas?! Acho um abuso, nunca aconteceu comigo, já acho mais q uma hora e meia tempo demais! Já rasguei cardápio de pizzaria boa pq uma vez demorou mais de 2 horas pra chegar e o cara ainda esqueceu meu troco. Fiquei um tempão sem pedir, mas resolvi dar outra chance. Perguntaram se eu precisava de troco, eu disse q sim e pra qto e além de demorar horrores de novo, o cara não trouxe o troco novamente! Liguei lá pra reclamar, sabia q não fariam nada, mas expliquei q aconteceu 2 vezes de umas 3 ou 4, no máximo q pedi e pra não passar raiva de novo, rasguei o cardápio e joguei fora pra não cair em tentação. Pior q nem desculpa pedem, acham normal. o meu dinheiro, eles não levam mais.

    Deixando claro q no Deck não aconteceu isso, só relatei situação parecida e minha reação. :)

  2. Fabio Barbano
    22 de julho de 2011 at 19:21

    A batata é muito boa sim, já comi algumas vezes no shopping.

    Já nessa unidade da 9 de julho eu sempre comprei quibes e esfihas. Na época do Ronel era melhor, em especial o preço (hoje cobram até a embalagem para viagem).

Comilão

Ândi Garcia

Profissional de computação, amante das letras, pseudo-violonista do lar, uspiano, corinthiano, maloqueiro e sofredor. Graças a Deus.

Compartilhe!