Araponga Lanches

16 de outubro de 2011
By

Fui pela primeira vez nessa lanchonete na semana passada. Ela fica na Avenida São Carlos, próximo da Raimundo Corrêa, e mesmo assim é meio “escondida”.  Tem uma área descoberta na frente da lanchonete, onde colocam algumas mesas, além das que ficam lá dentro. Ambiente bacaninha até. O que faz falta é um estacionamento no local, pois é difícil de achar vaga nas redondezas, repleta de garagens, lojas de veículos, postos de gasolina, etc.

O lanche

Bauru de Frango do Araponga

Mais uma vez fui de Bauru de Frango. O lanche estava com uma quantidade boa de recheio, tanto de frango quanto de cebola, que estavam saborosos. Lanche bem suculento, gostei. Acompanha sachês de catchup Chef du Bom e maionese da casa, de tetinha, do tipo temperada. A maionese é muito boa, mas esse catchup eu acho fraco. Prefiro o D’ajuda, utilizado pela maioria das lanchonetes de São Carlos.

Uma coisa bacana da lanchonete é que por mais R$ 4,00 é possível transformar qualquer lanche do cardápio em combo (com fritas e refrigerante lata). Além disso há algumas promoções específicas para segundas-feiras (fritas grátis na compra de qualquer lanche) e quartas e quintas-feiras (suco grátis na compra de qualquer lanche), ambas apenas para consumo no local.

Preços

Esse Bauru de Frango saiu por R$ 9,00. O preço dos lanches por lá segue o mesmo patamar de outras lanchonetes da cidade.

Resumo

Araponga Lanches
Avenida São Carlos, 834
Tel: 3368-3309/ 3364-2163
Abre de Quarta a Segunda-feira, das 18h00 à 0h00
Aceita cartão (nas compras acima de 10 reais)
Não possui estacionamento

Meta a Colher

commentários

Powered by Facebook Comments

Tags: ,

2 Responses to Araponga Lanches

  1. 17 de outubro de 2011 at 9:23

    Sacanagem, eu com uma puta fome aqui e lendo isso…

  2. Piovezan
    17 de outubro de 2011 at 11:08

    Jaça, o Computafome é lá no ICMC, cola lá! heheheh

Comilão

Fabio Barbano

Comilão desde sempre, um apaixonado por junk food. Sou analista de sistemas, solteiro de nascimento, e fã de grandes produções mexicanas (Chaves e Chapolin).

Compartilhe!